CANDIDATURAS

A importância da empatia no ambiente de trabalho

Conhecida como a habilidade de se colocar no lugar de outra pessoa, a empatia é uma softskillfundamental tanto para a vida pessoal quanto para a vida profissional de um indivíduo, uma vez que é um fator indispensável para manter as relações interpessoais harmoniosas. Quando aplicada ao trabalho, pode conectar equipas e gerar um ambiente muito mais produtivo e colaborativo.

Desta forma, é possível afirmar que a empatia é um importante traço dentro da inteligência emocional, pois permite que uma pessoa reconheça, compreenda e corresponda às emoções alheias de maneira subtil e com maior sensibilidade. Essa capacidade causa impactos muitos positivos dentro uma empresa tornando a gestão dos relacionamentos e interesses uma tarefa menos complicada.

Afinal, um profissional empático tem mais facilidade de se conectar com os seus colegas e superiores, trabalhar em equipa e colocar em prática a colaboração mútua. Os interesses pessoais dão espaço ao diálogo e a harmonia, tornando as rotinas mais fluídas e práticas. Mas como aplicar essa habilidade no ambiente de trabalho? Conheça algumas dicas:

  1. Escuta ativa

Ter uma comunicação aberta e estar apto para ouvir o que o outro tem a dizer, pode facilitar – e muito – a criação de empatia no ambiente do trabalho. Um colaborador que se sente confortável para expressar seus medos ou desejos tende a estar mais satisfeitos e confiantes com a empresa onde trabalham.

  1. Promova a flexibilidade

Para quem procura promover uma cultura empática no ambiente de trabalho, a flexibilidade é um ponto essencial, pois está diretamente ligada à humanização no ambiente de trabalho. Isto significa tentar oferecer opções que sejam harmoniosas a todos, principalmente no que diz respeito a conciliação da vida profissional e pessoal.

  1. Reconheça o esforço alheio

Todo mundo gosta de ver o seu esforço ser reconhecido! Se algo saiu melhor que o esperado, elogios e incentivos são sempre muito bem-vindos. Já nas adversidades, tentar reconhecer boas intenções, apesar dos erros, também é uma importante forma de praticar a empatia.

  1. Tenha controlo emocional

Ter empatia no trabalho requer que os profissionais tenham bom controlo emocional para lidar com adversidades e opiniões variadas no dia a dia. Isso quer dizer que nem sempre esses posicionamentos podem ser coerentes ou condizer com o esperado. Mas, manter o foco auxilia os profissionais em situações que possam ser desconfortáveis.