Notícias

9

Dicas para trabalhar na área do turismo em Portugal

Outubro 8, 2021

A indústria do turismo voltará a ser uma das principais fontes de emprego no país

No início do ano escrevemos sobre as expectativas para o setor da hotelaria. Em 2020, como consequência das restrições impostas à livre circulação de pessoas, o setor nacional do turismo registou decréscimos significativos na procura. Contudo, o verão 2021 renovou a esperança dos profissionais do setor. O fim da pandemia e o regresso à normalidade deixam vislumbrar a luz ao fundo do túnel, estimando-se que o ritmo de crescimento do PIB em Portugal, acelere em volume para 4,9%. Isto significa que a indústria do turismo voltará a ser uma das principais fontes de emprego no país, com incidência nos seguintes serviços:

  • Hotéis, hostels, pousadas e resorts: Por incluírem uma variedade de serviços, estes estabelecimentos precisam de contratar pessoas responsáveis para diversas áreas que vão desde a limpeza à cozinha, passando pelos serviços de receção. 
  • Eventos nacionais e internacionais: São uma parte do setor turístico por atraírem participantes de diversos cantos do mundo (como é o caso do web summit, por exemplo). Apesar de serem trabalhos pontuais, também representam uma fonte de rendimentos e as necessidades de recrutamento são variadas: promotores e hospedeiras, cozinheiros, empregados de mesa, empregados de limpeza 
  • Bares e restaurantes: De hostess a cozinheiros, passando por barmans/barmaids ou copeiros, estes estabelecimentos estão constantemente à procura de pessoas para reforçar as suas equipas.
  • Atividades turísticas e excursões: Operadores turísticos que operam ao nível das experiências, precisam de pessoas para bilheteiras e promoção dos seus serviços, assim como guias turísticos ou animadores. 
  • Serviços de transfer / motorista: Além das empresas de transfers responsáveis por transportar turistas, muitos resorts e hotéis também contratam este tipo de serviços. 

Nem todos os cargos dentro das operações turísticas exigem formação superior ou especializada, no entanto encontramos alguns aspetos comuns e imprescindíveis para trabalhar na área do turismo: 

Apresentação cuidada: Enquanto profissional de turismo, é responsável por transmitir uma boa imagem da entidade para a qual trabalha e da região enquanto destino turístico, por isso, uma boa imagem é muito importante. 

Cordialidade e simpatia no atendimento ao cliente: Gostar de pessoas e ter uma atitude voltada para a resolução de problemas também é muito valorizado pelos empregadores. É provável que tenha de lidar com situações mais complexas e difíceis, por isso a inteligência emocional e o discernimento de manter uma postura correta e educada são fundamentais.  

Fluência em língua inglesa: Nem sempre é obrigatório, depende muito do cargo a que se candidata. Mas se quer estar na linha da frente de atendimento ao cliente, quantas mais línguas diferentes souber falar, melhor. Já aqui falámos também sobre os tipos de rececionista e as suas funções.

Disponibilidade horária: Trabalhar em turismo é, muitas vezes, sinónimo de rotatividade horária, o que significa que nem sempre obedecerá a um horário fixo. Esteja preparado para isso. 

 

Na SW temos vários parceiros dentro do setor do turismo. Atuamos junto das entidades no sentido de encontrar os melhores profissionais para as suas necessidades. Por isso, é do nosso interesse manter uma base de dados de candidatos atualizada e dinâmica.